08 jan 2015

Diário de Viagem: San Andrés (Parte 1)

DSC_0292

Oi Gente, tudo bem?

A minha viagem de Reveillon foi simplesmente uma del√≠cia, e digo “simplesmente” no maior sentido literal da palavra, porque √© exatamente isso que a ilha San Andr√©s √©: simples.

As pessoas de l√° s√£o super legais, todas na mais pura simplicidade e sempre dispostas a ajudar. O¬†mar √© algo de maravilhoso, √°gua cristalina, peixes coloridos, tudo quase perfeito! N√£o posso dizer que foi perfeito, porque l√° tem muito vento e acho que isso atrapalha um pouco. Al√©m disso, nos √ļltimos dias que estive por l√°, o mar ficou bem sujo mais pro raso. Mas n√£o sujo de porcarias, sujo de algas, sabem? Aquela sujeira do pr√≥prio mar, o que fez com que a √°gua ficasse mais escura.

Quando ainda estava pesquisando sobre a ilha, imaginei que seria praia o dia inteiro e sem nada mais pra fazer. Assim como foi nas vezes que fui para as ilhas da Gr√©cia ou para a Sardenha, por exemplo. Levei um livro gigante que comprei especialmente pra ler relaxada na praia. S√≥ que chegando l√°, descobri que tinham v√°rios passeios pra fazer em outras ilhas e que, mesmo estando na praia, eu n√£o teria tanto tempo pra ficar lendo. A praia que √≠amos sempre √© a Rocky Cay e l√° tem um bar com m√ļsica e tal, que pra mim foi dif√≠cil pegar o livro e me concentrar na leitura, rs!

Em San Andrés o bom é se hospedar perto do centro, onde ficam todos os restaurantes e lojas (tax free). Todo mundo aluga ou um carrinho de golf ou uma scooter, se já souber dirigir uma. Pra quem tem costume de andar de scooter, vale super a pena porque ela não é tão devagar quanto o carrinho de golf, o preço é mais ou menos o mesmo.

Ficando perto do centro, é bem mais fácil pra sair à noite e passear depois da praia. Fica mais próximo também da mehor praia que é a Rocky Cay, como falei anteriormente. Na verdade, lá existem apenas três praias: a praia que fica no centro, Sprat Bight, a Rocky Cay e a San Luis, que fica na outra ponta. O resto da ilha é todo pra mergulhar ou nadar, sem areia. A Sprat Bight é linda, mas tem vento demais e muita gente. A San Luis é um vendaval praticamente, muuuuito vento o tempo todo, impossível de ficar! Lá tem ondas também e a faixa de areia é bem pequena. Ou seja, não curti essa praia, só pra olhar! A Rocky Cay é linda e tem uma ilhota bem em frente em que todo mundo chega caminhando pelo mar, já que a água bate na cintura.

Pra quem gosta de fazer mergulho, vale mais a pena se hospedar no sul da ilha. Lá que acontecem os mergulhos mais bonitos e é bem mais calmo, sem a agitação do centro. Eu também fiz mergulho nessa viagem, estava tensa, morrendo de medo, mas superei tudo e fui! Vou contar pra vocês essa minha experiência em um post à parte. Aguardem!

Na primeira foto aí acima é a praia Rocky Cay, dá pra ver a ilhota que falei. Bem atrás tem um navio encalhado, muito legal, rs! Vocês vão ver nas fotos abaixo:

DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO

No dia seguinte, fizemos o passeio para as Ilhas Aquarium, Haynes Cay e Johnny Cay.

Na Aquarium vimos muitos peixes, a √°gua estava super transparente, uma cor de tirar o fol√™go! S√©rio, lindo demais! N√£o √© √† toa que l√° √© conhecido como o “mar das 7 cores”. E que cores!!!

DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO

Todos os tours vão pela manhã, quase que no mesmo horário, então vocês podem imaginar a quantidade de gente, né? Confesso que seria bem mais lindo se tivesse menos da metade das pessoas, mas tudo bem. Voltei lá outro dia à tarde e estava ótimo! Fui fazer outro passeio, mas isso é assunto para o próximo post sobre a viagem.

Ao lado da Aquarium fica a Haynes Cay, que as pessoas também vão andando pelo mar, porque é bem rasinho. Nós levamos os sapatos para usar na água, já sabia que ia precisar. Mas quem não tiver, pode comprar lá mesmo. O preço é mais ou menos o mesmo que pagamos aqui em Santiago, imagino que mais barato do que no Brasil, porque né? Tudo no Brasil acaba sempre sendo mais caro!

DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO

Depois de algum tempo na Haynes Cay admirando essa paisagem, voltamos pra Aquarium, entramos no barco e fomos para a Ilha Johnny Cay.

Na Johnny Cay o mar √© t√£o lindo quanto, mas um pouco mais forte, tem umas ondinhas. Ficamos l√° pegando sol, explorando a ilha e almo√ßamos. √Ä tarde, voltamos pra San Andr√©s. Vale dizer que durante todos esses dias nossas principais refei√ß√Ķes sempre tinham peixe no meio, rs! Eu adoro!

DSC_0045 DSC_0054 DSC_0064 look-johnny-cay
DSC_0093

Outro dia, fomos para o outro lado da ilha conhecer. Passamos a tarde em Westview, onde vimos muuuitos peixes! Cheguei at√© a ficar com medo (hahaha)… mas gra√ßas a Deus nenhum deles me mordeu, estou viva e as fotos ficaram lindas, rs!

DCIM100GOPRO DCIM100GOPRO DCIM100GOPRO

Perto do Westview, indo em dire√ß√£o ao sul, encontramos o Hoyo Soplador, que √© um buraco na pedra, de onde saem mega jatos de √°gua do mar. √Č como se fosse um vulc√£o, s√≥ que vindo do mar! Muito louco!

Quanto maior a onda, maior é o jato que sai dali!

DSC_0123

E aí, gostaram?

Em breve tem mais posts sobre essa viagem!

Beijos beijos

06 jan 2015

Meu Look: Biquíni branco

look-biquini-branco-beta-pinheiro-1

Primeiro look do ano, em pleno verão, recém-chegada de San Andrés, nada mais a ver do que ser um biquíni, concordam? =)

Eu amo biquínis, talvez por ser carioca, gosto de ter sempre novos quando vou para algum lugar de praia. Não sou apegada a nenhum modelo, nem cor, uso de tudo! Mas uma cor que eu sempre gostei, e acho que fica lindo quando a pele já está bronzeada, é o branco. Difícil é encontrar algum modelo que realmente fique bom nessa cor, que não fique transparente. E aí que um dia antes de eu ir para San Andrés, passei na H&M e, para minha surpresa, encontrei esse biquíni lindo! Além dele ter esse detalhe de dente de elefante turquesa, que faz toda a diferença, ele veste muito bem!

Geralmente, quase sempre, prefiro os biquínis brasileiros. Qual brasileira não prefere, né? Vocês podem ver em diversos posts de looks de biquínis aqui no blog as marcas que uso, são várias do Brasil. Inclusive, nos próximos posts sobre a minha viagem, vocês vão ver também. O incrível foi achar um biquíni que eu tenha gostado tanto na H&M!

S√≥ n√£o reparem as picadinhas que est√£o na minha barriga, haha! Nesses √ļltimos 10 dias eu fui mega atacada por todos os mosquitos da Ilha!!!!

Beijos beijos

look-biquini-branco-beta-pinheiro-2

look-biquini-branco-beta-pinheiro-5

look-biquini-branco-beta-pinheiro-san-andres

look-biquini-branco-beta-pinheiro-12

Estou usando

biquíni + brinco: H&M / pulseira prata: Pandora / tattoos: Flash Tattoo Chile (Instagram @flashtattoocl)

23 dez 2014

O que levar para viagem ao Atacama!

Oi Gente,

Tudo bem?

Esse √© o √ļltimo post sobre a minha viagem ao Atacama, na verdade n√£o √© bem sobre a viagem, mas sim uma dica de “kit-sobreviv√™ncia” pra quem est√° pensando em conhecer o lugar!

Como falei em outros posts, o clima no Atacama é super seco, mais ou menos como aqui em Santiago, mas lá é deserto, né? Então, é mais seco ainda e muito calor durante o dia.

Vejam o que é indispensável levar para aproveitar bem a viagem:

DSC_9239

. Protetor solar para o rosto РItem mais básico de todos, afinal proteger o rosto dos raios solares é sempre necessário! Levei um com fator 35 e que era 2 em 1: base e protetor ao mesmo tempo. Super funcional!

. Protetor solar para o corpo РItem básico também. Importante proteger, principalmente, os braços e pernas.

. Protetor labial –¬†Al√©m de proteger o rosto e o corpo, √© necess√°rio proteger os l√°bios. Os raios solares s√£o muito fortes e isso vai afetar os l√°bios, muito provavelmente. Eu passei bastante protetor labial e ainda assim tive os l√°bios um pouco rachados. Vale a pena ter um produtinho desse na bolsa!

. Hidratante corporal – Como o clima l√° √© extremamente seco, a pele vai ficar toda craquelada. Hidratante ajuda muito nessas horas! L√° no hotel mesmo tinha um hidratante pequeno da L’Occitane (t√° na foto) no banheiro, o que eu adorei pois n√£o levei o meu.

. √ďculos – Quem quer ficar com os olhos quase fechados o tempo todo por causa do sol? Ningu√©m, n√©? Com √≥culos d√° pra aproveitar muito mais os passeios, al√©m de proteger tamb√©m.

. Chap√©u – Mais um item para prote√ß√£o dos raios solares. E al√©m de proteger o rosto, o chap√©u protege os cabelos. √ďtimo (e estiloso, rs)!

. √Āgua – Claro que √°gua ningu√©m precisa levar para o Atacama, porque l√° tem! Mas coloquei a√≠ no “kit-sobreviv√™ncia” para mostrar que √© importante estar sempre com uma garrafinha na m√£o. Tanto nos passeios, quanto no centrinho de San Pedro ou at√© no hotel, √°gua √© essencial para hidratar.

. Remédio РVai que acontece alguma coisa? Nem que seja uma dor de cabeça, é sempre bom ter um remédio! Eu levo para todas as minhas viagens Tylenol, porque é o tipo de remédio que acaba servindo pra tudo.

√Č bom ir preparada para todos os passeios, passar bastante protetor solar e tomar muita √°gua. Quando eu voltava pro hotel, sempre pedia uma limonada bem gelada. Del√≠cia!

Beijos beijos

18 dez 2014

Hotel Tierra Atacama

DCIM100GOPRO

A melhor coisa da nossa viagem ao Atacama, sem d√ļvidas, foi o hotel que ficamos, o Tierra Atacama. N√£o precisamos nos preocupar com nada, al√©m de aproveitar cada minuto!

O hotel tem tudo que o turista precisa, al√©m do restaurante, snacks e bebidas open bar, todos os tours s√£o organizados por eles. √Č s√≥ escolher em qual tour quer ir e pronto, marcado!

No valor da tarifa j√° vem inclu√≠do todos esses servi√ßos, ou seja, voc√™ paga uma vez e curte sua viagem com translado do aeroporto de Calama at√© o hotel, refei√ß√Ķes, bebidas (vinhos tamb√©m), tours, snacks nos tours, piscina, hidro, paisagem incr√≠vel e um excelente atendimento! Ficamos super felizes desde que chegamos no aeroporto at√© a volta. Quer dizer, na volta eu estava um pouco triste porque queria ter ficado mais, rs!

O hotel √© bem natureza, todo no estilo r√ļstico chic! Um estilo que eu adoro!

DSC_8973 DSC_8805 DSC_8975

DCIM100GOPRO

Não dá vontade de ficar pra sempre nessa piscina e nessa hidro com uma paisagem dessas? Aí do lado, tem um Spa, onde é possível aproveitar outra piscina aquecida e fazer massagens também. As massagens são cobradas à parte.

Muita gente que vai ao Atacama para subir o vulcão, já deixa uma massagem bem potente marcada para a volta! As perninhas devem ficar como, né? Subir o vulcão leva de 5 a 7 horas em média, sem falar  no clima seco e super calor! E para subir a pessoa tem que ficar no mínimo 5 dias no Atacama antes, pra ir se acostumando ao clima e a caminhada.

O nosso quarto era lindo demais, bem aconchegante! Tinha uma varanda, que a gente amou, e duas duchas no banheiro, sendo uma ao ar livre. Perguntem em qual das duas eu tomei banho todos os dias?!? ūüėČ

DSC_9013 DSC_8718

DSC_8713
DSC_8724
DSC_8987

As refei√ß√Ķes foram todas maravilhosas! N√£o tenho foto de todas, porque n√£o fotografei todas e algumas eu fui postando no Instagram (follow me @beta.pinheiro). O caf√©-da-manh√£, por exemplo, voc√™s podem ver l√°. Uma delicinha!

A cada almoço e jantar, um menu diferente. Sempre com entrada, prato principal e sobremesa. Minha sobremesa preferida, que pedi duas vezes (shame on me, rs!), fotografei pra mostrar aqui pra vocês. Foram pedacinhos de banana meio que empanados, não sei muito bem, com sorvete de doce de leite. Nossa, nem quero lembrar, tava algoooo!!!

Comemos muito peixe e camarão, mas também carne e pasta, teve de tudo! Adoramos!

DSC_8977 DSC_8978 DSC_8983

DSC_9122 DSC_9124

Resumindo: o Tierra Atacama é maravilhoso! De verdade!!!

Foram tr√™s dias de viagem apenas, mas tr√™s dias muito incr√≠veis! As pessoas foram super queridas com a gente, os guias muito legais, os tours √≥timos, as refei√ß√Ķes deliciosas, o quarto um espet√°culo… s√≥ coisas boas sobre o Tierra!

Acho que deu pra vocês sentirem um pouco pelas fotos, né? Ah, e ainda vem um vídeo (vlog) por aí! Só preciso editar!

Beijos beijos

17 dez 2014

Di√°rio do feriado: Atacama (Parte 2)

Oi, Gente!!!

Vamos voltar com os posts sobre minha viagem ao Atacama? Hoje vocês vão ver o que fiz nos outros dias por lá, só passeios legais e paisagens incríveis!

Pra quem não viu a parte 1 do Diário, clica aqui! Então, continuando no domingo, às 16h tínhamos um passeio de bike, 18 km, que chegaria à Laguna Cejar. Esse lugar é onde as pessoas ficam boiando na água por ela ter muito sal, assim como acontece no Mar Morto. Topei ir de bike mas, graças a Deus, um carro do hotel foi seguindo a gente, claro que não aguentei nem 1 km com aquele sol na minha cabeça e clima super seco. Pedi arrego e fui pro conforto do ar condicionado e comidinhas no carro, rs! O Fabio foi firme e forte com o nosso guia até o destino final. Guerreiros!

Chegando lá, coloquei o pé na água e, claro, estava gelada! Já pensei na hora que não iria entrar, mas quando o Fabio entrou e começou a boiar, não resisti, rs! Tive que entrar pra provar essa sensação! Foi demais, realmente a gente bóia muito!

DCIM100GOPRO

Quase na Laguna Cejar (eu no carro, o Fabio e o guia de bike)

DSC_9038

Eu boiando total, rs!

DSC_9107

DSC_9117

Vista do nosso hotel maravilhoso: vulc√£o Licancabur

Voltamos pro hotel umas 19h, nos arrumamos e fomos jantar. Às 21h tínhamos outro passeio: caminhada noturna no Valle de la Muerte. Sempre com guia!

Confesso que fiquei com medo l√° na escurid√£o naquele deserto, mas quando chegamos no Valle de la Muerte, nossa, tava muito lindo! A Lua estava gigante!

DSC_9127

No final, tivemos uma surpresa que eu amei: banda local tocando pra gente, fogueira e comidinhas! Perfeito!

DSC_9146

Fomos dormir mais ou menos 1h da manh√£ e mortos de cansados, mas super felizes!

No dia seguinte, acordamos apenas às 5h da manhã, rs! Tínhamos passeio marcado para às 5:30h, fomos conhecer o famoso Geyser El Tatio.

O Geyser √© um campo geot√©rmico, considerado o mais alto do mundo com 4.200 metros de altura. L√° pelas¬†6h/7h da manh√£, a express√£o m√°xima das aberturas de vapor e de √°gua com temperaturas atingindo 85 ¬į C ¬†acontece,¬†por isso temos que sair do hotel super cedo.

Como lá é mais frio (esse horário também faz mais frio), é bom ir bem agasalhada e não esquecer o protetor solar, além de ter uma garrafinha de água na mão, sempre!

Com suas famosas e espetaculares Geysers quadro cen√°rio s√£o claramente uma das atra√ß√Ķes mais impressionantes para visitar.

DSC_9156 DSC_9174 DSC_9191

DSC_9221

 No caminho de volta, vimos vicunhas, lhamas, aves e muitos cactos. Lindo demais!

Nosso guia falou que as vicunhas estão em extinção! Então, fica a dica pra quem for comprar casacos, cachecol etc. Não comprar nunca jamais algo feito com lã de vicunha, ok? Elas morrem de frio, literalmente, e muitas vezes são mortas só para que tirem sua pele. Podemos comprar Alpaca, que é tão boa quanto, mas não estão em extinção e não são mortas para isso. Pelo menos, foi isso que disse nosso guia e lá no Atacama a maioria das pessoas respeita muito os animais!

DSC_9209
DSC_9229

Espero que tenham gostado!

Amanhã vou falar sobre o hotel que ficamos, o Tierra Atacama. Já falei que é maravilhoso, mas amanhã mostro o quarto, restaurante e tudo mais!

Beijos beijos