18 fev 2015

Vinícola Concha y Toro

DSC_0283

Lembram que h√° alguns dias¬†eu fui conhecer a famosa vi√Īa Concha y Toro? Contei pra voc√™s um pouco no meu di√°rio do final de semana. Ent√£o, hoje vou falar mais sobre o que achei de l√°, se vale a pena etc!

Desde que vim para o Chile que eu tenho ido em alguns vinhedos, ou para fazer o tour ou para almoçar. Pelo fato de que aqui não tem muito o que fazer, ir almoçar em um dos vinhedos acaba sendo uma das melhores coisas. Até porque, nada mal tomar um vinho chileno direto de onde ele é produzido, não é verdade?

A Concha y Toro √© muito conhecida entre os turistas de todo o mundo, porque ela foi a primeira vi√Īa do pa√≠s, mas n√£o √© a melhor. Para falar a verdade, nem √© uma das melhores! Isso n√£o apenas na minha opini√£o, mas na opini√£o tamb√©m dos pr√≥prios chilenos. Inclusive, por sempre ouvir isso dos chilenos que eu preferi conhecer outras antes.

O lugar é lindo, super bem cuidado, tem um jardim gigante incrível! O tour começa por esse jardim, onde o guia explica como tudo começou e tal. De lá, fomos para onde fica a plantação das uvas, que nessa época realmente tem uvas. Elas são pequeninhas, diferente das nossas aí do Brasil.

DSC_0269 DSC_0271

DSC_0272
DSC_0273

DSC_0275

IMG_4350

Aí então seguimos para a primeira degustação (são três no total), a do vinho branco, que agora não vou lembrar o nome. Estava uma delícia, amo essa parte da degustação, rs!

Depois continuamos a visita pelo “Casillero del Diablo”, onde ouvimos uma lenda sobre a raz√£o desse nome. Foi bem legal!

DSC_0278

IMG_4352

IMG_4353

DSC_0279

IMG_4356

Por fim, degustamos dois vinhos tintos. Nessa parte, tinha um grupo vindo logo atrás da gente para degustar também, aí o nosso guia ficou tenso e nos apressou, falou que a gente poderia levar as taças e continuar tomando os vinhos lá fora.

Assim, a fama da Concha y Toro √© exatamente essa: que eles fazem os tours super r√°pidos porque sempre tem outro tour por vir. Achei bem chato isso! Imagina se fosse minha √ļnica vez no Chile e a √ļnica vi√Īa que eu tivesse a oportunidade de conhecer na vida? Com essa pressa toda eu nem iria ter aproveitado direito!

DSC_0281

Achei também que eu saí de lá com pouca informação. Aprendi muito sobre a Concha y Toro em si, mas pouco sobre o vinho, como ele é feito etc. No tour do vinhedo Santa Rita, por exemplo, eu aprendi tanta coisa. Entendi qual é a diferença de um barril americano para um barril francês, entre outras coisas. Acredito que seja mais interessante quando aprendemos algo! Então, esse foi outro ponto ruim.

Ap√≥s o tour, fomos acabar de degustar nosso vinho no “Wine bar”. Pedimos uns aperitivos e ficamos l√° curtindo um pouco mais a tarde!

IMG_4358

O tour por pessoa custa 9 mil pesos chilenos, mas isso se voc√™ for de carro por conta pr√≥pria. Se preferir ir com o √īnibus de turismo, acho que sai por uns 30 mil pesos ou um pouco menos.

Mesmo n√£o tendo sido uma das minhas vi√Īas preferidas, valeu a pena ter ido conhecer! Mas quem vier passear por aqui, indico a Santa Rita, Casa Silva ou Undurraga. Entre essas, a Casa Silva e a Santa Rita s√£o as mais afastadas de Santiago, o que √© √≥timo porque fica longe da polui√ß√£o. J√° fiz post sobre todas elas aqui no blog.

Beijos!

16 fev 2015

Praia no Chile: Quintay

quintay-chile-beta-pinheiro-1

Oi Gente, tudo bem?

Esse s√°bado fui conhecer um lugar novo pra mim aqui no Chile que se chama Quintay, uma praia que fica na regi√£o de Valpara√≠so. As praias daqui, como j√° falei outras vezes, n√£o s√£o das melhores. O mar √© um gelo, sempre tem vento frio e √© bem dif√≠cil o tempo estar totalmente aberto. Mas nesse dia, gra√ßas a Deus, o sol estava l√°, as nuvens n√£o apareceram o tempo todo e deu pra curtir algumas horinhas! O vento frio estava presente, por√©m existe uma t√©cnica para evit√°-lo: basta ficar deitada na areia. Ou seja, se sentar vai bater o friozinho… ent√£o, nada de sentar, s√≥ ficar deitada, rs!

Depois de lá, fomos almoçar no porto, em um restaurante onde a especialidade era frutos do mar, claro! Estávamos com alguns amigos e comemos muuuito, foi uma delícia!

quintay-chile-beta-pinheiro-3

quintay-chile-beta-pinheiro-0
quintay-chile-beta-pinheiro-1 quintay-chile-beta-pinheiro-2 quintay-chile-beta-pinheiro-3

O porto onde almoçamos!

oi

 Eu e Bi (Fábio) após o almoço, com um certo frio, passeando pelo porto!

Gostei de ter ido conhecer, mas prefiro bem mais Maitencillo e Cachagua. Mesmo também não podendo entrar no mar nem de uma nem de outra praia (gelo e gelado)!

Como sei que os brasileiros adoram viajar nessa √©poca de Carnaval, quero aproveitar para dar uma dica de onde conseguir todas as informa√ß√Ķes sobre o c√Ęmbio do real para os pesos chilenos ou outras moedas. Acessem o site¬†da Global Exchange e tirem todas as suas d√ļvidas em rela√ß√£o √† isso!

Espero que tenham gostado!

Beijos beijos

10 fev 2015

Di√°rio do FDS: Praia em Maintencillo e Vi√Īa Concha y Toro

DSC_0109

Oi Gente, tudo bem?

Ontem n√£o consegui postar aqui pra voc√™s, mas hoje voc√™s v√£o ver como foi o meu final de semana, intenso, rs! Fui da praia ao campo, ou seja, passei o s√°bado em Maitencillo e domingo, por falta de sol, fui conhecer a vi√Īa Concha y Toro.

No sábado de manhã fomos tomar café em um lugar que ainda não conhecíamos, o Coquinaria, aqui em Santiago mesmo. Vou falar sobre esse lugar no post de amanhã, mas já posso adiantar que adorei e super indico! Logo depois do café, fomos para Maintencillo, assim meio desconfiados se estaria bom ou não, porque fomos há pouco tempo atrás e enquanto em Santiago estava um calor sem fim, lá na praia estava frio e nublado. Para nossa surpresa, e sorte, estava um mega dia lindo e calor! Calor de verdade! Foi incrível, rs!!! Conseguimos passar o dia inteiro na praia sem colocar casaco nem nada. Perfeito!

IMG_4376

Mais tarde, quase desmaiando de tanta fome (e eu quase desmaio mesmo, rs), fomos comer um sanduíche mara no Pan Beach. Inclusive o nome do sanduíche que pedi era Pan Beach também! Muito delícia!

DSC_0113

IMG_4386

No final da tarde, ficamos passeando por l√° e indo atr√°s de lugar para dormir, quer√≠amos passar a noite l√° para aproveitar o domingo tamb√©m. A cidade estava absurdamente lotada, n√£o tinha vaga em lugar nenhum! Tentamos de tudo e nada… resolvemos ent√£o fazer um Happy Hour em um bar super lindinho na beira da praia, o The Roots, e depois partir de volta para Santiago.

A idéia era jantar em um restaurante muito lindo que nunca fomos, mas jantar e depois ir pra Santiago ficaria muito cansativo, porque iríamos voltar lá pelas 23h. Achei melhor pegar estrada um pouquinho mais cedo e deixar esse restaurante para próxima, afinal ainda voltaremos em Maitencillo antes desse verão acabar! Quem sabe já no próximo fim-de-semana, vai depender do clima.

IMG_4333

IMG_4365

IMG_4375

No dia seguinte, domingo, acordamos e ficam em d√ļvida se ir√≠amos para Maitencillo, Caj√≥n del Maipo ou visitar a vi√Īa Concha y Toro. Pensamos, pensamos e decidimos apostar em mais um dia de sol e felicidade na praia. Pegamos estrada por mais 2 horinhas e… quen quen quen!!!! Chegamos l√° e o tempo estava horr√≠vel, totalmente nublado e frio. E n√£o pensem que n√≥s n√£o consultamos sites de metereologia n√£o, viu? Vimos diversos e todos diziam que estaria sol! N√£o d√° pra confiar, n√©?

Aproveitamos que t√≠nhamos ido at√© l√° e caminhamos um pouco na praia e passeamos no El P√°tio de Renda, que ainda n√£o conhec√≠amos. Nesse “p√°tio” tem algumas lojinhas, umas de renda, outras de arte, uma de balas e uma de plantas. Compramos um cactus super fofo l√° pra casa. Cactus √© bom porque n√£o precisa de tanto cuidado e ficou uma gra√ßa.

IMG_4344

IMG_4342 IMG_4339
√Ä tarde, fomos para a vi√Īa Concha y Toro, a vi√Īa mais tur√≠stica do Chile.

Voc√™s j√° viram aqui no blog posts sobre outras vi√Īas que visitei. Algumas fui para fazer o tour e outras para almo√ßar. N√£o tinha tanta vontade de conhecer a Concha y Toro exatamente pelo fato dela ser extremamente tur√≠stica, aqui todos falam que √© ruim porque o tour √© super r√°pido e n√£o tem nada de melhor em rela√ß√£o √† outras, pelo contr√°rio. Por isso ainda n√£o t√≠nhamos ido. Mas, como n√£o somos chilenos e moramos aqui, n√£o faz sentido n√£o conhecer a famosa Concha y Toro, n√£o √© verdade? Resolvemos ir!

O que achei de l√°, voc√™s v√£o ver em um post especial apenas sobre essa vi√Īa, ok? Sei que a maioria dos brasileiros que vem aqui v√£o fazer esses tours, ent√£o aguardem o post completo!

IMG_4349

IMG_4348

E assim acabou nosso dia! Quer dizer, ainda fomos fazer compras no supermercado, mas isso vocês não querem ver, né? Hahaha

Espero que tenham gostado!

Beijos beijos

23 jan 2015

Hotel Playa Tranquilo + Scuba San Andrés

DSC_0414

Oi Gente, tudo bem?

Esse √© o √ļltimo post de San Andr√©s! Vou contar pra voc√™s sobre a minha experi√™ncia em fazer pela primeira vez mergulho. J√° aviso que n√£o foi das melhores, rs!

L√° em San Andr√©s √© muito comum o mergulho, principalmente na parte sul da ilha, onde est√£o os corais. Deixamos para fazer no √ļltimo dia, isso porque eu tinha certeza que n√£o iria querer fazer mais de uma vez. O F√°bio queria ter feito mais umas duas vezes, mas eu me conhe√ßo, n√£o sou dessas de ficar muito tempo embaixo d’√°gua (digamos que 5 segundos √© o meu m√°ximo, haha!), ent√£o falei que eu s√≥ iria fazer uma vez mesmo e que se ele quisesse podia fazer outra vez antes sozinho. Mas a√≠ ele n√£o quis, acabamos fazendo n√≥s dois no √ļltimo dia de viagem.

Um dos lugares que faz mergulho l√° √© o Scuba San Andr√©s, que fica no Hotel Playa Tranquilo. Esse hotel √© estilo “boutique”, bem pequeno, com algumas casas e quartos, em frente ao mar e cheio de natureza. Geralmente,¬†os hosp√©des v√£o com objetivo de mergulhar, uma ou v√°rias vezes. Pra quem procura algo mais tranquilo, sem agita√ß√£o do centro, √© uma √≥tima escolha se hospedar nesse hotel. N√≥s passamos l√° a √ļltima noite, como j√° √≠amos fazer o mergulho de dia, pensamos que seria legal ficar por l√° mesmo. Foi √≥timo, mas acabamos indo jantar e passear no centro, como todas as noites anteriores, rs!

DSC_0440

DSC_0437

Chegamos no Playa Tranquilo bem cedo, umas 9h da manh√£, e fomos direto para a aula de mergulho iniciante. O F√°bio j√° sabia como era, ele j√° mergulhou v√°rias vezes, mas mesmo assim foi com o pessoal iniciante.

O curso básico de mergulho tem 3 etapas: aula teórica, prática na piscina e mar.

Depois do teórico, até ali estava tudo ótimo, fomos para a piscina do hotel fazer a parte prática. Já comecei a ficar mais tensa, mas ainda estava na piscina, né? Então, tudo ótimo também!

DCIM100GOPRO

DSC04481

DSC04498 DSC04522

Na piscina aprendemos a respirar com o equipamento, qual é a posição correta para nadar com tudo aquilo no corpo e alguns sinais importantes.

O meu problema √© que eu respiro apenas pelo nariz, n√£o consigo respirar pela boca mais de 2 segundos! J√° pelo nariz tenho alguns problemas na respira√ß√£o, inclusive isso me atrapalha em v√°rias coisas, na sa√ļde por exemplo. Ent√£o, eu tava preocupada com essa quest√£o… como eu ficaria a 10 metros de profundidade tendo que respirar apenas pela boca durante 40 minutos (tempo de mergulho)?

Pois é, gente, sinto muito decepcionar, mas eu não fiquei esse tempo todo lá embaixo! Na verdade, cheguei a 5 metros de profundidade e fiquei uns 5 minutos, apenas! Aconteceu o que eu imaginava, me deu um desespero louco e eu tive que subir! Fiquei chateada, meu instrutor e o Fábio ficaram também, mas não teve jeito. O resto do tempo preferi ficar na superfície, observando tudo lá de cima mesmo. Me senti mais segura, rs!

DCIM100GOPRO

Antes de entrar no mar, feliz, achando que ia ficar um temp√£o l√° embaixo, rs!

DCIM100GOPRO DCIM100GOPRO
DCIM100GOPRO

Estou ali atr√°s com o instrutor, subindo desesperada, haha! A louca!

DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO

Linda essa cobrinha do mar de bolinhas! Quase nem d√° pra ver!

DSC04527

O F√°bio √© um peixe, s√©rio! Ele ficaria no mar horas e horas se pudesse! Que inveja… rs

DSC04530

Eu de volta à superfície!

Quando acabamos o mergulho, fomos almoçar em um restaurante na praia San Luís com os meninos que fizeram com a gente.

De volta ao hotel, bem mais tranquila, s√£ e salva, fui curtir a piscina e o sol!

DCIM100GOPRO
DSC_0435 DSC_0423
DSC_0394

DSC_0438

À noite, fomos jantar no centro, como disse anteriormente. Depois encontramos novamente os meninos do mergulho, ficamos conversando em um bar até mais tarde.

No dia seguinte, acordamos cedo, tomamos um café-da-manhã delicioso no hotel e acabamos de nos arrumar para partir. Estava bem triste, não queria ir embora daquela ilha!

DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO

Com o Mo, nosso instrutor no mergulho. Reparem que j√° tinha uma galera fazendo o curso b√°sico ali atr√°s!

Apesar de não levar jeito para mergulhar, adorei a experiência! Foi muito bom eu ter superado o meu medo e ter tentando. Não concluí como gostaria, mas o pouco que fiz já foi muito pra mim e valeu super a pena. Vi peixinhos lindos!

Ainda n√£o sei se eu tentaria de novo. O Mo diz que sim, segundo ele eu tenho tudo pra mergulhar tranquilamente. Quem sabe um dia eu tento mais uma vez!

Espero que tenham gostado desse post, da dica desse hotel boutique Playa Tranquilo e de todos os posts sobre San Andrés. Foi uma viagem maravilhosa! Amei muito!!!

Beijos beijos

Hotel Playa Tranquilo

Reservas: playatranquilo@gmail.com

16 jan 2015

Diário de Viagem: Ilha Cayo Bolívar

DCIM100GOPRO

Morrendo revendo essas fotos, gente! Essa Ilha Cayo Bolívar é linda demais, delícia demais, perfeita demais!!! Queria estar lá agora!

Vou contar pra voc√™s como foi toda a situa√ß√£o at√© chegar nesse para√≠so. Primeiro quer√≠amos ir para a ilha Provid√™ncia, que fica a 20 minutos de avi√£o de San Andr√©s. Mas como essa √©poca de Reveillon l√° √© alt√≠ssima temporada, estavam todos os dias cheios, sem vagas no avi√£o. Teria a possibilidade tamb√©m de ir de barco, seriam umas 3 horas e meia, dependendo de como o mar estaria. Eu achei melhor n√£o irmos de barco, porque iria demorar muito pra quem iria ficar s√≥ 2 noites l√°. Queria aproveitar mais os dias na praia! Ficamos chateados… quer√≠amos ter ido em Provid√™ncia de avi√£o, com calma, sem pressa e tudo mais. Mas n√£o deu! Foi a√≠ que nos sugeriram ir para Cayo Bol√≠var, essa ilha no meio do nada que fica a 40 minutos de barco de San Andr√©s. Ok, achamos que valeria a pena, compramos o tour e esperamos ansiosamente pelo dia!

Chegamos ao ponto de encontro do tour √†s 7h e pouco da manh√£, tomamos caf√©, que era inclu√≠do no pre√ßo do passeio, e aguardamos. At√© a√≠ tudo √≥timo, eu sabia que ir√≠amos passar 40 minutos em alto mar, mas imaginando que seria em um barco grande fechado! Quando nos chamam para formar uma fila, √©ramos em 30 pessoas, o guia come√ßou a explica√ß√£o sobre o que ir√≠amos encontrar nos pr√≥ximos minutos at√© Cayo Bol√≠var. Resumindo, ele simplesmente disse que ir√≠amos em um barco pequeno, aberto, que o mar estava mais agitado do que o normal e que teriam ondas de 2 a 4 metros, o que √© “normal” em alto mar! Oi?!? A galera ficou como, n√©? Hahaha Tens√£o no local! Fomos divididos em 2 barcos, todos colocaram os salva-vidas e fomos. Rezando, mas fomos!

Gente, eu nem sei explicar o que foram esses 40 minutos, s√©rio! Era √°gua na cara sem parar! Imaginem estar em um barquinho no meio do alto mar com ondas enormes? √Č algo que nunca pensei que fosse passar na minha vida! Estava com medo de acontecer alguma coisa ali, ainda mais eu que morro de medo de tubar√£o, baleia e tudo mais. Tinha uma carioca do meu lado muito engra√ßada, ela ficava falando que √© uma pessoa super radical, que faz rapel, isso e aquilo, mas que nunca havia passado algo t√£o surreal na vida! Eu tive um ataque de riso que n√£o conseguia parar! Sabe quando mistura o nervoso com algo engra√ßado? Pois √©, eu fiquei rindo um bom tempo!¬†E a ilha n√£o chegava, n√£o tinha NADA em lugar nenhum, s√≥ √°gua, √°gua e √°gua! At√© queeee… conseguimos enxergar uma ilha l√° longe! Nem pod√≠amos acreditar! Vis√£o do milagre, haha!!!

Entre as muitas coisas que comentávamos no caminho, era que essa ilha tinha que valer MUITO a pena mesmo! Teria que ser completamente deserta e com um mar incrível! Para a nossa felicidade, a Cayo Bolívar é exatamente assim: deserta e com um mar mais do que incrível! Achamos o paraíso verdadeiro!

Graças a Deus, valeu mega a pena! O lugar é um sonho!!!

DCIM100GOPRO

Chegando na ilha Cayo Bolívar

DSC_0333

DSC_0306
DCIM100GOPRO DCIM100GOPRO DCIM100GOPRO DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO
DSC_0343

cayo-bolívar
DSC_0320 DSC_0310

Que mar é esse?!? Maravilhosooo! E não tinha ninguém lá além da gente. Ou seja, 30 pessoas nessa ilha paradisíaca. Só nós e os animais que moram por lá!

Às 14:30h foi hora de voltar, quando a Força Armada veio buscar a gente! Sério, rs! O mar estava tão brabo, que a Armada achou melhor ir acompanhando os 2 barcos até San Andrés. O horário de voltar já seria esse mesmo, mas a Armada só vai até lá caso seja realmente necessário. Já comecei a ficar tensa de novo, mas até que eu tava mais confiante pelo fato de ter a Armada, com mergulhadores e tal, nos acompanhando.

A volta foi exatamente igual a ida. Ondas, mar super mexido, muita água na cara, muita, mas muita aventura pra uma pessoa só, haha!

Cheguei feliz em terra firme! Sinceramente, como sou medrosa, eu não iria novamente, mas valeu muuuito a pena ter passado por toda essa experiência! Lugares como esse são difíceis de encontrar.

Essa ilha é um dos lugares, se não for o lugar, mais paradisíaco que já fui! Amei!!!!!!!!

Beijos!

Cr√©ditos do look¬†–>¬†mai√ī de crochet: Afghan / canga: Rudge / √≥culos: DKNY / sa√≠da de praia de oncinha: H&M / chap√©u de palha equatoriana: comprei em Maintencillo / flash tattoos: flashtattoocl@gmail.com