Hotel Playa Tranquilo + Scuba San Andrés

DSC_0414

Oi Gente, tudo bem?

Esse é o último post de San Andrés! Vou contar pra vocês sobre a minha experiência em fazer pela primeira vez mergulho. Já aviso que não foi das melhores, rs!

Lá em San Andrés é muito comum o mergulho, principalmente na parte sul da ilha, onde estão os corais. Deixamos para fazer no último dia, isso porque eu tinha certeza que não iria querer fazer mais de uma vez. O Fábio queria ter feito mais umas duas vezes, mas eu me conheço, não sou dessas de ficar muito tempo embaixo d’água (digamos que 5 segundos é o meu máximo, haha!), então falei que eu só iria fazer uma vez mesmo e que se ele quisesse podia fazer outra vez antes sozinho. Mas aí ele não quis, acabamos fazendo nós dois no último dia de viagem.

Um dos lugares que faz mergulho lá é o Scuba San Andrés, que fica no Hotel Playa Tranquilo. Esse hotel é estilo “boutique”, bem pequeno, com algumas casas e quartos, em frente ao mar e cheio de natureza. Geralmente, os hospédes vão com objetivo de mergulhar, uma ou várias vezes. Pra quem procura algo mais tranquilo, sem agitação do centro, é uma ótima escolha se hospedar nesse hotel. Nós passamos lá a última noite, como já íamos fazer o mergulho de dia, pensamos que seria legal ficar por lá mesmo. Foi ótimo, mas acabamos indo jantar e passear no centro, como todas as noites anteriores, rs!

DSC_0440

DSC_0437

Chegamos no Playa Tranquilo bem cedo, umas 9h da manhã, e fomos direto para a aula de mergulho iniciante. O Fábio já sabia como era, ele já mergulhou várias vezes, mas mesmo assim foi com o pessoal iniciante.

O curso básico de mergulho tem 3 etapas: aula teórica, prática na piscina e mar.

Depois do teórico, até ali estava tudo ótimo, fomos para a piscina do hotel fazer a parte prática. Já comecei a ficar mais tensa, mas ainda estava na piscina, né? Então, tudo ótimo também!

DCIM100GOPRO

DSC04481

DSC04498 DSC04522

Na piscina aprendemos a respirar com o equipamento, qual é a posição correta para nadar com tudo aquilo no corpo e alguns sinais importantes.

O meu problema é que eu respiro apenas pelo nariz, não consigo respirar pela boca mais de 2 segundos! Já pelo nariz tenho alguns problemas na respiração, inclusive isso me atrapalha em várias coisas, na saúde por exemplo. Então, eu tava preocupada com essa questão… como eu ficaria a 10 metros de profundidade tendo que respirar apenas pela boca durante 40 minutos (tempo de mergulho)?

Pois é, gente, sinto muito decepcionar, mas eu não fiquei esse tempo todo lá embaixo! Na verdade, cheguei a 5 metros de profundidade e fiquei uns 5 minutos, apenas! Aconteceu o que eu imaginava, me deu um desespero louco e eu tive que subir! Fiquei chateada, meu instrutor e o Fábio ficaram também, mas não teve jeito. O resto do tempo preferi ficar na superfície, observando tudo lá de cima mesmo. Me senti mais segura, rs!

DCIM100GOPRO

Antes de entrar no mar, feliz, achando que ia ficar um tempão lá embaixo, rs!

DCIM100GOPRO DCIM100GOPRO
DCIM100GOPRO

Estou ali atrás com o instrutor, subindo desesperada, haha! A louca!

DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO

Linda essa cobrinha do mar de bolinhas! Quase nem dá pra ver!

DSC04527

O Fábio é um peixe, sério! Ele ficaria no mar horas e horas se pudesse! Que inveja… rs

DSC04530

Eu de volta à superfície!

Quando acabamos o mergulho, fomos almoçar em um restaurante na praia San Luís com os meninos que fizeram com a gente.

De volta ao hotel, bem mais tranquila, sã e salva, fui curtir a piscina e o sol!

DCIM100GOPRO
DSC_0435 DSC_0423
DSC_0394

DSC_0438

À noite, fomos jantar no centro, como disse anteriormente. Depois encontramos novamente os meninos do mergulho, ficamos conversando em um bar até mais tarde.

No dia seguinte, acordamos cedo, tomamos um café-da-manhã delicioso no hotel e acabamos de nos arrumar para partir. Estava bem triste, não queria ir embora daquela ilha!

DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO

Com o Mo, nosso instrutor no mergulho. Reparem que já tinha uma galera fazendo o curso básico ali atrás!

Apesar de não levar jeito para mergulhar, adorei a experiência! Foi muito bom eu ter superado o meu medo e ter tentando. Não concluí como gostaria, mas o pouco que fiz já foi muito pra mim e valeu super a pena. Vi peixinhos lindos!

Ainda não sei se eu tentaria de novo. O Mo diz que sim, segundo ele eu tenho tudo pra mergulhar tranquilamente. Quem sabe um dia eu tento mais uma vez!

Espero que tenham gostado desse post, da dica desse hotel boutique Playa Tranquilo e de todos os posts sobre San Andrés. Foi uma viagem maravilhosa! Amei muito!!!

Beijos beijos

Hotel Playa Tranquilo

Reservas: playatranquilo@gmail.com