02 dez 2014

Aumento nos preços da Forever 21!

Semana passada vi alguém comentando no Facebook que os preços da Forever 21 no Brasil subiram em torno de 30%. As pessoas comentaram nessa mesma postagem que seria inevitável os preços aumentarem, já que estão falando do Brasil, onde tudo é extremamente caro. Sempre! Mas, para a minha surpresa, esse aumento não foi só no Brasil!

Esse fim-de-semana fui na Forever 21 do shopping Parque Arauco, aqui em Santiago, com a idéia de fotografar algumas peças e seus preços. Queria mostrar pra vocês quanto custam as coisas aqui, exatamente para compararmos se vale mais a pena a Forever daqui ou daí. Quando vi as etiquetas, quase todas estavam com remarcação. No início, pensei que fosse remarcação para baixo, já que teve Black Friday e algumas lojas ainda estão com desconto. Só que não! Os preços estão mesmo mais altos!

Tem peça que não tem o preço alterado, outras tem um etiqueta por cima de um preço “escondido”, outras tem uma etiqueta com preço diferente do que está em outra peça do mesmo modelo, outras tem até duas remarcações… enfim, uma doidera!

DSC_0001

DSC_0003

Rasteirinha de 5.490,00 pesos chilenos por 6.990,00 (+ ou – R$30,00)

DSC_0017 DSC_0018

Calça de couro fake de 13.490,00 pesos chilenos por 14.990,00 (+ ou – R$63,00)

DSC_0011

Saia com etiqueta sem ter o preço alterado –> 8.490,00 pesos chilenos (+ ou – R$35,00)

DSC_0020

A mesma saia com o novo preço –> 9.990,00 pesos chilenos (+ ou – R$42,00)

O que será que aconteceu com a Forever 21? Impostos do Brasil não é, problema no sistema acho difícil também… não sei o que aconteceu, mas espero que pare! 

Essa loja é uma das minhas favoritas da vida, porque né? É o típico BBB: bom, bonito e barato. Não quero que os preços aumentem mais, de jeito nenhum!

Nas lojas dos EUA, não sei se aconteceu a mesma coisa que no Brasil e no Chile. Se alguém souber, deixa aqui nos comentários!

Essa semana tenho um evento de pré-inauguração da loja em outro shopping daqui, o Costanera Center. Estarei lá e depois mostro tudo pra vocês! Se eu descobrir o motivo dessas remarcações todas, eu conto aqui!

Beijos beijos

27 maio 2014

Comparando preços: Vestido de renda

Oi Meninas,

Tudo bem?

Inventei uma nova tag aqui pro blog onde vou mostrar uma ou mais peças bem parecidas com preços bem diferentes. É uma forma legal de ajudar vocês na hora da pesquisa por uma peça específica. Sabe quando queremos comprar um vestido, por exemplo, e não sabemos onde vale mais a pena? Então, essa tag é pra ajudar um pouquinho nesse sentido!

A peça de hoje é um vestido de renda branco. Vi no e-commerce da Jo/Dri, marca paulista que eu adoro e tenho várias peças de lá, por R$350,00 na promoção (era R$789,00). Aí fui dar uma olhada nas novidades do Aliexpress, site que descobri há poucos dias e tô amando dar uma fuxicada constantemente, e encontrei um modelo super parecido por um precinho incrível!

Quem conhece a Jo/Dri sabe que a marca não é nada barata. Os vestidos são lindos, mas são bem carinhos. Eu amo tudo de lá, já postei várias vezes aqui no blog. Mas também adoro comprar roupa boa, bonita e barata, sabe?

Sinceramente essa versão do vestido de renda da Aliexpress não me parece muito diferente em termos de qualidade, o modelo eu achei até mais bonito do que o da Jo/Dri. E o precinho… apenas U$9,97! Ok, não sei se quando chega ao Brasil será taxado, esse é um risco que corremos quando compramos em sites de fora do país. Mas tá ou não tá com um preço mara? Ah, e o frete ainda é grátis!

Vejam os vestidos abaixo:

preços

Ainda não comprei nada no Aliexpress, mas dizem que chega tudo certinho em mais ou menos um mês, às vezes demora até dois meses. O único problema mesmo é essa questão de ser taxada ou não, sempre um mistério!

Espero que tenham gostado desse tipo de post, pretendo fazer vários!

Beijos,

Beta

Categoria: Moda, News TAGS: , ,
13 jun 2011

Por que as roupas no Brasil são tão caras?

Taí uma pergunta que muita gente tá tentando descobrir a resposta e não acha! E olha que nem estou falando só de nós, brasileiros, a galera lá de fora também pira com os preços daqui! E é de pirar messsmo, né?

Claro que eu compro roupas no nosso país, não teria nem como viver em um lugar sem comprar nada, até porque não sou eu a dona do blog “Um ano sem Zara”, haha! Mas só compro quando gosto muito de alguma coisa (isso acontece com frequência, viu…) ou quando acho o preço amigo e que valha a pena!

Mas por que as roupas aqui tem esses precinhos tão salgados? Graças ao preço do algodão que sobe cada vez mais? Ou porque são usados tecidos importados e os impostos são altos?

Resolvi fazer esse post depois que li uma matéria na VEJA falando exatamente sobre isso. Vou colocar aqui uma parte dessa matéria pra vocês, vale a pena ler:

“O alarde da indústria têxtil por causa do encarecimento do algodão – e, consequentemente, das roupas –, não vai afetar as coleções de verão que o São Paulo Fashion Week apresenta a partir desta segunda-feira. Os estilistas continuam investindo na criatividade e os consumidores de grife devem seguir investindo nas araras de luxo. Que, por sua vez, devem permanecer com os preços nas alturas, já que, como apontam especialistas, as confecções brasileiras, além de despreparadas e deficientes, não contam com matéria-prima de qualidade no país e têm muitas vezes de importá-las.

Para a consultora de moda Gloria Kalil, o algodão – que chegou a subir 200% no ano passado e agora está 48% mais caro do que em 2010 – é a justificativa do momento para o custo elevado do vestuário. Custo que sempre foi alto. “O algodão é a bola da vez. Quando não é isso, é outra coisa. A roupa brasileira é cara por milhões de razões, cada grife aponta um motivo diferente.” Tanto é assim que duas marcas de uma mesma estilista, a Huis Clos e a Maria Garcia, de Clo Orozco, são ambas caras, embora a primeira use material importado e a segunda, nacional.

Gloria diz que as queixas mais comuns feitas pelas grandes marcas são de falta de mão de obra qualificada e de maquinário adequado nas confecções. “As roupas de melhor qualidade são as de tecido importado. E então as lojas culpam os impostos e o câmbio.” A consultora lembra que a situação das indústrias brasileiras nem sempre foi ruim, mas, apesar disso, não vê hoje perspectiva de melhora. “Temos pouco tecido interno, inúmeras tecelagens fecharam com o plano Collor na década de 1990. Por isso, nosso pano não é de qualidade, nem nosso algodão.””

Quem quiser ler na íntegra, o link é esse aqui.

Vamos torcer pra que, um dia, a indústria têxtil brasileira faça bonito não apenas nas passarelas, mas também no nosso bolso!

E hoje começa o SPFW Verão 2012. A partir de quarta-feira estarei lá!!!

Categoria: Moda, News TAGS: , , ,
24 abr 2010

Quer pagar quanto?!?

Esse é um post de indignação máxima, que só aumenta, pelos preços absurdos que tem no Brasil! Para ilustrar esse post e dar uma cara ao que estou tentando falar aqui escolhi como exemplo a marca que eu amo ‘Marc by Marc Jacobs‘, vamos dar uma olhadinha na diferença de preços da mesma bolsa de pano com detalhes em couro em três países, EUA, Itália e Brasil:

Aí eu me pergunto: Porque no Brasil a bolsa custa absurdamente mais cara do que nos EUA se na Itália o valor não muda?

A marca é americana e talvez por isso devesse custar mais barato nos EUA, né? Talvez um pouquinho mais caro nos outros países, quem sabe o dobro do preço… Porééém a bolsa em questão MJ tem quase* o mesmo valor aqui em Milão e em Nova York, enquanto no Brasil o mark up é de 9,2 vezes!!! E o pior de tudo é que as pessoas compram!

Esse fenômeno matemático anda acontecendo muuuito no Brasil, o que me deixa extremamente chocada chateada! Aí muita gente pensa: “Mas fazer o que se eu não moro nos EUA nem na Europa?”, e a resposta é simples: ao invés de gastar R$540,00 em uma bolsa de pano ou R$1.000,00 em um jeans da Diesel, ou até mesmo quem sabe R$10.000,00 em uma bolsa da Chanel, economize e compre uma bela de uma passagem rumo à NY ou onde quer que você ache interessante e vai ser feliz! Garanto que o dindin vai ser melhor empregado em passagem, hotel, comidinhas deliciosas e shopping com preços reais (digamos)!

* O euro hoje está 2.35, sendo assim 25 euros são 59,00 reais, enquanto 28 dólares são 49,00 reias. O que significa 10,00 reais de diferença.